Translate

Pesquisar este blog

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Papa fará celebração de Pentecostes com evangélicos no Vaticano.

Papa fará celebração de Pentecostes com evangélicos no Vaticano.

O papa Francisco quer fazer uma grande celebração de Pentecostes este ano. Por isso, convidou milhares de católicos carismáticos e membros de igrejas pentecostais e evangélicas de Roma, noticia o Catholic Herald. 
Em 2014, o pontífice havia feito o convite aos carismáticos e pentecostais de Roma para esses eventos que também marcam a celebração do 50º aniversário do movimento carismático católico, que teve início em um retiro realizado em 1967 na Duquesne University, em Pittsburgh, EUA. O evento de aniversário está sendo organizado pelo Vaticano.
As celebrações desse jubileu começam dia 31 de maio com reuniões de oração, um festival para jovens, reuniões para teólogos e diversas oficinas.
Haverá uma vigília de oração dia 3 de junho, véspera de Pentecostes, no Circus Maximus de Roma, um campo que séculos atrás abrigava um antigo estádio romano usado para corridas de bigas. Na manhã seguinte, os participantes se juntarão a Francisco para uma missa espacial de Pentecostes, na Praça de São Pedro, Vaticano. 
Michelle Moran, presidente da International Catholic Charismatic Renewal Services, afirma que o pedido do papa Francisco foi uma celebração “o mais abrangente possível”, que incluísse outros ramos do cristianismo e enfatizasse a importância do batismo no Espírito Santo.
De acordo com Moran, o movimento de renovação carismática católica atualmente está presente em 200 países e reúne cerca de 120 milhões de católicos. 
Durante um encontro com carismáticos e pentecostais em 2014, Francisco admitiu que nem sempre sentia-se confortável com a forma como rezavam, mas ajoelhou-se no púlpito enquanto rezavam por ele, cantando e falando em línguas.
“Nos primeiros anos da renovação carismática em Buenos Aires, eu não tinha muito amor pelos carismáticos”, lembra o papa. “Eu dizia que mais pareciam uma escola de samba.”
Contudo, aos poucos ele disse ter reconhecido o quanto esse movimento estava fazendo pelos católicos e pela igreja.
Fonte: www.gospelprime.com.br

0 comentários: