Translate

Pesquisar este blog

quarta-feira, 29 de março de 2017

A Bíblia ainda não está disponível em 57% das línguas mundiais.

Um estudo recente feito pela Sociedade Bíblica Americana (SBA) mostra que a maioria (72%) dos evangélicos acredita que a Bíblia está disponível em todas as línguas do mundo. Contudo, cerca de 57% das línguas ainda precisam de traduções bíblica completas.
Realizado pelo Instituto Barna, a pedido da SBA, os dados indicam que apenas 43% dos grupos étnicos realmente podem ter contato com as Escrituras na sua língua materna. O português faz parte do seleto grupo de 636 idiomas cujos falantes podem ter acesso à Bíblia. Entre traduções, versões e paráfrases do texto bíblico, são mais de 20 somente no Brasil.
Das 6.901 línguas conhecidas, 1.859 (31%) ainda não têm ninguém envolvido no processo de tradução da Bíblia. Ao mesmo tempo, outras 2.195 (26%) linguagens já possuem pessoas envolvidas para a disponibilização do texto bíblico.
 Bob Creson, presidente da Wycliffe Bible Translators, uma das maiores missões a realizar esse tipo de trabalho, está otimista. Ele afirmou ao The Christian Post que, apesar do grande desafio, o processo de tradução bíblica está mais rápido do que nunca e alcançando um número recorde de línguas.
 
 
1.5 bilhão de pessoas não têm a Bíblia completa disponível
O experiente missionário afirma: “São 2.195 novos projetos. É o número mais elevado da história. Há mais trabalho acontecendo do que nunca. Recentemente, a tradução completa das Escrituras foi disponibilizada em 27 novas línguas, que totalizam mais de 3 milhões de pessoas.”
“Nós não somos a única organização a fazer traduções da Bíblia, há várias outras. O que tentamos fazer por aqui é comemorar todos os Novos Testamentos e Bíblias que foram traduzidos e impressos em novas línguas”, explica Creson. “A cada seis meses, está ficando cada vez maior o número de conclusões”.
A Wycliffe é a maior incentivadora do projeto que visa ter um trabalho de tradução da Bíblia iniciado em cada uma das línguas do mundo até o ano 2025. A missão está otimista que as 1.859 línguas sem nenhum trabalho de tradução iniciado serão alcançadas nos próximos anos.
“A cada ano iniciamos entre 130 e 160 projetos de tradução”, acrescenta Creson. “É por isso que eu digo que nos próximos 10 anos algo vai mudar estatisticamente em todas essas comunidades.”
Segundo as estatísticas publicadas no site da Missão Wycliffe, pelo menos 1.5 bilhão de pessoas não têm a Bíblia completa disponível em sua primeira língua, ou língua materna. Mais de 684 milhões possuem o Novo Testamento; outras têm porções ou pelo menos algum nível de tradução ou trabalho preparatório já iniciado.

Fonte: https://www.gospelprime.com.br/

0 comentários: