Translate

Pesquisar este blog

sexta-feira, 15 de junho de 2012

O Amor de Deus




O Amor de Deus.
"Porque Deus amou o mundo de tal maneira e deu seu filho unigênito, para todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna"

João escreve no capitulo três acerca do amor de Deus pelo mundo, ele destaca que Deus amou o mundo de tal maneira. Podemos observar que faltaram adjetivos para expressar a maioridade do amor do Senhor, faltaram palavras que resumissem esse amor.

O Amor de Deus é tão grande por nós que ele permitiu que seu filho Jesus viesse a terra padecer por mim e por você. “Mas Deus prova seu próprio amor para conosco, pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores.” Romanos 5.8
Nós não merecíamos esse tamanho amor, estávamos condenados com o mundo, eramos pecadores e mesmo assim Cristo e sujeitou a morrer por nos.

A Bíblia afirma:Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.” Efésios 2.8.
Graça significa favor imerecido, e isso é dom de Deus, é amor de Deus para conosco, ainda que não mereçamos.

Se pararmos para analisar as escrituras, vemos em Genesis 22.1 ao 9 que o Senhor poupou até Isaac filho de Abraão, mas não poupou seu filho Jesus. Deus pediu que Abraão desse Isaac, seu único filho em sacrifício, vemos que Abraão atendeu a voz de Deus e foi para o monte oferecer Isaac. Porém na hora do sacrifício a Bíblia diz que Deus teve misericórdia, poupou a vida de Isaac e proveu um carneiro para que Abraão lhe oferecesse.

Mas o seu próprio filho não poupou e permitiu que viesse à terra sofrer por todos nós.

Deus está olhando por você todos os dias. “Pode uma mãe esquecer-se daquele que amamenta? Não ter ternura pelo fruto de suas entranhas? E mesmo que ela o esquecesse, eu não te esqueceria nunca.” (Isaías 49, 15)
Ele não te esqueceu, não desistiu de ti, não há impossíveis para Deus, Ele quer ajudá-lo a vencer as dificuldades, e te fazer um vencedor.

”As misericórdias do SENHOR é a causa de não sermos consumidos; porque as suas misericórdias não têm fim. Novas são a cada manhã; grande é a tua fidelidade” lamentações 3.22,23.

A cada manhã Ele renova as suas misericórdias para conosco, renova o seu amor, sua benignidade, e por inúmeras vezes nos livra da mão do inimigo, porque a sua misericórdia é a causa de nós não sermos consumidos.

Ainda há uma solução, ainda há uma saída, basta nos colocarmos na presença de Deus e deixar que Ele guie nossos passos, e tenha certeza que o seu amor lhe ajudará a Vencer.


Guilherme Vitor S.M

0 comentários: