Translate

Pesquisar este blog

Devocional

Todas as manhãs os colaboradores do IBADEP fazem o período devocional.

REQUERIMENTO DE CERTIFICADO DE CONCLUSÃO

Com conclusão dos estudos do conteúdo programático do curso escolhido, o aluno deverá solicitar ao núcleo o formulário “REQUERIMENTO DE CERTIFICADO DE CONCLUSÃO”, para que possa fazer a solicitação de seu documento de conclusão do curso.

EBI

Com a finalidade de transmitir os conceitos e ensinamentos Bíblicos, a EBI (Escola Bíblica Internacional Ibadepiana), terá como referência o seguinte tema: " A doutrina Assembleiana, com base nas escrituras."

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Um templo evangélico é inaugurado a cada dez dias na França.

Um templo evangélico é inaugurado a cada dez dias na França

As igrejas evangélicas estão crescendo na França. A afirmativa é da reportagem da revista L’Obs desta semana. Segundo a matéria, um novo templo é inaugurado a cada dez dias e essa já se tornou a religião mais “dinâmica” do país, seguida pela expansão do Islã.
A reportagem relata o sucesso da turnê pela França do pastor australiano Nick Vujicic, que reúne multidões por onde passa. Milhares de pessoas estiveram na sexta-feira (14) na ministração realizada na cidade do Havre, na Normandia, noroeste da França. A adesão a este tipo de evento confirma a ascensão das igrejas evangélicas no país.
Durante décadas ignoradas, as igrejas evangélicas eram tratadas como seitas pelos franceses, é o caso da igreja brasileira Universal do Reino de Deus. Essa reputação negativa se deve principalmente “aos cultos exuberantes marcados por rituais de curas milagrosas, transes e rezas murmuradas em línguas imaginárias e tino para os negócios das igrejas evangélicas”. Mas agora, elas “estão em pleno boom”, declara o artigo. 
O evangelismo fica atrás apenas do Islã. “Mesmo se com 720 mil fiéis os evangélicos ainda estão longe dos entre 3 e 5 milhões de muçulmanos franceses e dos 10 milhões de católicos praticantes, eles dobraram em apenas 30 anos”, constata a reportagem. 
L’Obs relata que 2,2 mil igrejas evangélicas abriram suas portas em menos de 40 anos, 400 delas apenas nas periferias de Paris. E, segundo Etienne Lhermenault, presidente do Conselho Nacional dos Evangélicos da França (Cnef), que federa dois terços dos evangélicos da França, o objetivo do grupo é triplicar o número de templos nos próximos anos.
“A progressão nas periferias é espetacular”, observa a reportagem, que visitou um tempo da igreja pentecostal do Centre du Renouveau chrétien (Centro do renascimento cristão, em tradução livre), em Clichy-sous-Bois, região na qual os muçulmanos são maioria. 
O texto explica que, como em outras zonas periféricas, a maioria dos fiéis evangélicos vêm da África subsaariana ou das Antilhas. Mas essas novas igrejas também já estão recrutando e convertendo muçulmanos.
L’Obs ainda acrescenta que as igrejas evangélicas também começam a ser reconhecidas no cenário político francês. A tal ponto que, pela primeira vez na história, seus representantes foram convidados para a cerimônia de posse do presidente Emmanuel Macron, em maio passado. Com informações de RFI
fonte:www.gospelprime.com.br

terça-feira, 18 de julho de 2017

Aiatolá que quer destruição de Israel vem ao Brasil falar sobre terrorismo.

Aiatolá que quer destruição de Israel vem ao Brasil falar sobre terrorismo.
Conhecido pelos vínculos com o Hezbollah,
Mohsen Araki é “estrela” do islã xiita

O iraquiano Mohsen Araki é uma estrela do islã xiita. Dono do título de aiatolá, ele faz parte do círculo mais próximo líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, de quem é amigo pessoal desde a juventude. 
Araki desembarcará no Brasil na próxima semana para pregar em mesquitas e instituições patrocinadas pelo governo do Irã no Brasil.
No sábado dia 29, ele proferirá uma palestra no evento “Os muçulmanos e o enfrentamento ao terrorismo radical”, que será em São Paulo, no Novotel Center Norte. Uma ironia por Araki ser conhecido justamente por pregar a violência contra o que ele define como inimigos do islã.
Quando o ex-presidente Mahmoud Ahmadinejad pregou a destruição de Israel, ele estava apenas reproduzindo os discursos de Araki. Em várias oportunidades, o religioso pregou a destruição do Estado Israel. Durante um encontro com o secretário-geral do Hezbollah, Hassan Nasrallah, o aiatolá Araki definiu Israel como “um câncer que deveria ser extirpado do Oriente Médio”. 
Em suas pregações, Araki acusa os Estados Unidos e os judeus de serem os responsáveis pelos problemas econômicos dos países islâmicos e das divisões existentes entre as várias correntes da religião islâmica.
Em uma visita ao Líbano, ele sugeriu aos líderes do Hamas, o grupo terrorista que controla a Faixa de Gaza, uma união estratégica entre todos as organizações terroristas que atuam no Líbano e Palestina como forma de “banir Israel do mapa”, conforme publicado pela imprensa oficial iraniana.
Em sua página oficial no Facebook, o líder religioso não faz questão de esconder seus vínculos com o Hezbollah e suas posições extremistas. Resta saber se no Brasil ele reproduzirá esse mesmo discurso de ódio que ele propaga por onde passa.
O anfitrião de Araki no Brasil será o sheik iraquiano Taleb Khazraji, outra figurinha carimbada do Hezbollah na América Latina. Khazraji foi citado dos relatórios produzidos pelos investigadores do atentado contra a sede da Associação Mutual Israelita (AMIA), como sendo um dos interlocutores dos terroristas que explodiram a entidade em julho de 1994.
Fonte: www.gospelprime.com.br

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Terroristas decapitam cristãos no Quênia.

Terroristas decapitam cristãos no Quênia.

Membros pertencentes ao grupo terrorista Al Shabaab mataram 13 pessoas no último fim de semana de julho, na região litoral do Quênia. De acordo com um sobrevivente, várias das vítimas foram decapitadas. 
Segundo o The Christian Post, o Associated Press divulgou que a ação se deu na vila de Jema, no condado de Lamu. Foram nove homens apreendidos antes de serem mortos.
“Eles foram abatidos como frango usando facas. Algo semelhante ao que aconteceu no Mpeketoni em 2014. Suspeitamos que haja muitos corpos não reconhecidos”, disse uma fonte da polícia.
“Os cristãos foram obrigados a recitar os dogmas islâmicos e eles não podiam fazer isso. Então, foram mortos. Nós pedimos ao governo que investigue e traga esses muçulmanos que estão abrigando os terroristas da Al Shabaab, porque os cristãos que foram decapitados eram fazendeiros”, afirmou. 
Outras duas pessoas, no condado de Lamu, afirmaram que os cristãos estão com problemas de escassez de alimentos. A região ainda segue em tensão. De acordo com a Portas Abertas, o Quênia está na 18ª posição no ranking de perseguição religiosa.
Fonte:www.gospelprime.com.br

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Médico declara óbito, família ora e homem volta à vida.

Médico declara óbito, família ora e homem volta à vida.

O gari Ronaldo Martins de Souza, de 63 anos, foi protagonista de uma história curiosa, que se deu na cidade de Manaus, no Amazonas. Segundo o jornal A Crítica, o homem chegou a ser declarado morto, mas seus sinais vitais reapareceram. 
De acordo com o jornal, o gari sofreu uma parada cardiorrespiratória e foi atendido por médicos no Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Galileia, localizado na região norte do município. Nas tentativas de reanimação, Ronaldo respondeu a ação médica.
Rodrigo Custódio, médico que o atendeu, afirmou que a situação era delicada. “Chegou com o coração parado, sem sinais vitais e pupilas dilatadas. Nós imediatamente demos início à massagem de ressuscitação cardiopulmonar (RCP)”, disse.
“O quadro clínico evoluiu para das paradas (cardíaca) e começamos a utilizar o desfibrilador. Foi aproximadamente uma hora de reanimação com ele oscilando entre tendo pulso e não tendo”, contou. 
Segundo ele, depois disso, a dilatação da pupila de Martins foi total, o que indicava morte cerebral. “Avisamos a família que ele tinha entrado em óbito. Foi um desespero!”, disse.
“A família entrou na sala de emergência e orou. Depois que saíram, na preparação para retirar os tubos, uma coisa que na medicina a gente não explica, observei nele a presença de pulso”, contou o médico. 
Com os sinais de vida, os processos de reanimação foram retornados e, de acordo com o médico Custódio, o paciente retornou ao estado vital depois de cerca de 20 minutos do ocorrido.
“E voltou avidamente com os parâmetros vitais, pupila normal e pulso forte. Nesse momento, quando houve essa dádiva de Deus, nós restituímos e estabilizamos o paciente. E hoje [12] de manhã conseguimos transferi-lo para o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio”, afirmou.
O genro de Ronaldo, José Neto, estava se organizando para o velório. “Estávamos correndo atrás do local para ser velado, o cemitério e a sepultura. A médica disse que ele tinha falecido para as três filhas dele e dois colegas de trabalho dele”, afirmou.
“Quando recebemos a notícia que ele voltou a ter pulso, mais ou menos meia hora depois, foi um choque. Um colega de trabalho dele chegou a desmaiar e as filhas deles começaram a chorar. Um desespero total e muita alegria”, contou o genro.
De acordo com José Neto, no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, o gari foi diagnosticado com edema cerebral. Por isso, terá que ficar cinco dias entubado. Mesmo assim, seu quadro clínico é estável. “Confiamos acima de tudo em Deus, pois para Ele nada é impossível”, concluiu.
fonte:www.gospelprime.com.br

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Pastores boicotam show gospel “por falta de transparência” em contratação.

Pastores boicotam show gospel “por falta de transparência” em contratação.

O cantor gospel André Valadão acabou tendo seu nome envolvido em uma denúncia feita pela Associação dos Ministros Evangélicos de Paranaguá (AMEP), cidade do Paraná. 
O pastor Irineu José da Cruz Alves, presidente da entidade cobrou da prefeitura maior transparência na contratação do show, previsto para ocorrer no mesmo dia da Marcha para Jesus.
Surpreendentemente, Alves anunciou que a diretoria da entidade não aprova a vinculação do show do artista e as igrejas ligadas à AMEP não estarão no show do cantor, programado para dia 29 de julho.
Ele deixou claro que não é uma medida contra o cantor, mas um protesto pela falta de transparência do pagamento ao cantor, feita por uma empresa privada que venceu a licitação. Contudo, há indícios de fraude no processo e isso não deixaria as igrejas tranquilas. 
Segundo foi divulgado, os valores gastos com luz, palco, cadeiras e mesas na festa da cidade chegariam a R$ 5 milhões, valor quase três vezes maior do que o gasto no ano passado. O Ministério Público investiga o superfaturamento.
“A igreja está aqui para servir a cidade, e não o contrário. Por isso optamos por não receber qualquer ajuda da Prefeitura na execução das marchas, que são custeadas há anos pelos próprios fiéis de nossas congregações”, ressaltou o pastor em discurso na Câmara de Vereadores da cidade. 
Irineu afirmou ainda que essa decisão, primeiramente, é por orientação de Deus, mas também foi tomada “pela falta de transparência por parte dos contratantes e de alguns fiscais desta Casa [referindo-se aos vereadores], quando se negam a elucidar à população o tipo de parceria adotada entre Executivo e iniciativa privada, o que culminou na realização desse evento”.
O líder religioso frisou que a AMEP não faz “qualquer tipo de oposição a governos ou partidos políticos e que apenas firma sua posição aos princípios, baseados na palavra de Deus”. Mas antes de finalizar seu pronunciamento, salientou que a entidade faz parte do movimento Paraná sem corrupção apoiando a transparência e a fiscalização dos órgãos competentes.
Sem citar nomes, afirmou que repudiava os líderes da Câmara Municipal, “que se denominam às vezes evangélicos, mas que em momentos como esse abrem mão da transparência e da fiscalização necessária para satisfazer a necessidade de informação da população”. Com informações Agora Litoral
fonte:www.gospelprime.com.br